Na prática: 4 dados importantes para advogados monitorarem seu site

Com qual objetivo seu negócio tem um site? Esta pergunta necessariamente precisa ser feita antes de falarmos sobre monitoramento. Se você não consegue respondê-la, daremos duas sugestões de possíveis caminhos. Primeiro, seu site foi criado para estar onde as pessoas estão. Segundo, além de presença digital, você quer criar relacionamentos, atraindo novos clientes, divulgando seus serviços e estimulando feedbacks positivos.

Tão fundamental quanto ter um objetivo claro é conseguir mensurar os resultados. Foi pensando nisso que o Google criou a ferramenta Analytics. Mais que uma vitrine de dados, ela pode apontar quais são os pontos fracos e fortes do seu site, e até mesmo como você pode atrair mais pessoas para visitá-lo e fazer contato com você.

Você ainda não possui site ou Analytics? A ProJuris tem uma parceria especial com o UOL Host. Crie seu site e ganhe descontos. O UOL permite a integração com o Google Analytics, segue um passo a passo.

Conteúdos mais acessados

É possível ver quais são as páginas mais acessadas no seu site desde o seu início, assim como personalizando o filtro de período analisado, visualizando as páginas mais acessadas no último mês, nos últimos três meses, na última semana, último ano e assim por diante.

Nesta opção, é possível conferir as visualizações que cada página obteve, além do número de visualizações únicas, ou seja, a contabilização única de todas as visitas de uma pessoa específica no período selecionado. Se ele visitou a página 30 vezes nos últimos 30 dias, será contabilizada apenas uma.

Ainda no menu ‘conteúdo do site’, é possível ver a taxa de rejeição de cada uma delas, que significa a porcentagem de vezes em que um usuário saiu do seu site depois de visitar a página em questão. Outro dado importante é o ‘tempo médio de página’, que mostra o tempo médio que usuários ficaram nas páginas do seu site.

analytics1

Como melhorar com os resultados observados? 

  • Verifique os 10 conteúdos mais acessados do seu site. Sobre o que eles falam? Geralmente são esses que trazem a maioria das pessoas para o seu site. É como você quer ser encontrado? Produza mais sobre o assunto. Não é? Mude sua estratégia editorial;
  • Se há uma grande taxa de rejeição nos conteúdos do seu blog é porque talvez o usuário não veja sentido em continuar navegando no seu site após ler o texto em questão. Linkar posts relacionados ou outros conteúdos pode ajudar.

Fluxo de usuários

Um dos grandes fantasmas de um site é a taxa de rejeição, como já explicamos ali em cima. E o fluxo, funcionalidade rica e complexa do Analytics, pode ajudar a esclarecer o(s) motivo(s) deste indicador. Ele acompanha qual caminho o usuário percorre ao entrar no seu site até a momento da saída. Isto é: assim que alguém entra no endereço, qual são seus próximos clicks antes de deixar seu site? Esta pesquisa pode ser realizada de uma forma geral e segmentada (apenas com usuários que vieram de redes sociais, no último mês etc).

analytics4

Como melhorar com os resultados observados? 

  • Sites que possuem uma única página (sem links ou outras páginas) possuem grandes taxas de rejeição, afinal não há para onde o usuário ir. Mas se o seu site possui outras páginas e tem concentração de rejeição na página inicial, é sinal de que ele não é intuitivo o suficiente para o seu cliente, ou que seu conteúdo não é condizente com o que o cliente estava procurando;
  • Uma maneira de tornar o fluxo de seu usuário mais didático é ser muito objetivo com as palavras. Por exemplo, nomear os menus como ‘áreas de atuação, quem somos e contato’.

Origem

Pelas redes sociais, pelo Google ou pelo próprio link? Como os usuários chegam até o seu site? Isso pode dizer muito a respeito dos esforços do seu marketing digital. Alguma coisa está errada, por exemplo, se sua equipe faz muitas publicações no Facebook e LinkedIn e o Analytics aponta que as mídias sociais trazem pouquíssimo trafego ao seu site. Além de Google, link direto (digitando www.seusite.com.br na barra de endereço) e redes sociais, a ferramenta ainda mostra quantas pessoas chegaram por meio de referências (links de outros sites que levam diretamente ao seu).

analytics2

Como melhorar com os resultados observados? 

  • Como foi dito, se você investe muito tempo em Facebook e tem pouco retorno de tráfego, talvez seja a hora de você reavaliar sua estratégia social, linkando áreas do seu site em publicações contextuais ou criando campanhas no Facebook Ads.

Tecnologia

Pode-se pensar que algumas informações são irrelevantes ou de pouca importância, como é o caso do menu ‘tecnologia’. Nele são detalhados quais são os navegadores, resoluções de tela e sistemas operacionais mais utilizados pelos usuários que visitam seu site.

analytics3

Como melhorar com os resultados observados? 

  • Nada é mais desagradável para um usuário do que uma experiência ruim de navegação. Ao analisar este menu, você irá perceber que as pessoas acessam seu site de diferentes navegadores e resoluções. Certifique-se de que seu site irá funcionar bem em todos eles;
  • Talvez outra surpresa será ver o número de usuários que acessam seu site via celular, o que sugere que você comece a pensar em uma versão mobile ou um layout reduzindo, mais objetivo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *